Problemas em Aberto: O que ainda não sabemos sobre adaptação

3 minute read

Atualizado em

Problem: Climate Change Adaptation versus Sustainable Development?

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Muitos países desenvolvidos já fornecem ajuda internacional para resolver problemas globais, como pobreza, subnutrição e conflitos. Infelizmente, as mudanças climáticas não só criam novos problemas como também ameaçam agravar essas questões pré-existentes. Dessa forma, se optarmos por não nos adaptar, corremos o risco de dificultar o cumprimento dos objetivos do desenvolvimento global.

Para resolver esse problema, muitos cientistas e organizações internacionais concordam que o apoio ao desenvolvimento e à adaptação climática devem andar de mãos dadas.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: How do we close the adaptation gap?

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Uma solução para a lacuna financeira da adaptação é que os países ricos ajudem a financiar a adaptação climática para os países que não conseguem bancar a adaptação para si próprios. De fato, um dos objetivos do Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas de 2015 era ajudar a preencher a lacuna de adaptação, aumentando o financiamento disponível para os países em desenvolvimento. Embora se trate certamente de um passo na direção certa, ainda há muito trabalho a fazer para corrigir essa desigualdade global.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: We need to prepare for the needs of climate refugees

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

O termo refugiado climático descreve alguém que se muda de maneira temporária ou permanente em resposta aos efeitos das mudanças climáticas (por exemplo, aumento do nível do mar, secas e razões sociais e/ou econômicas[Farbokto]). As estimativas atuais preveem que entre 25 milhões e 1 bilhão de pessoas poderão se tornar refugiados climáticos até 2050.

A questão central desse problema é que os refugiados climáticos têm pouquíssimos direitos jurídicos. Isso se deve parcialmente ao fato de que o conceito é tão novo que as leis ainda não tiveram tempo de serem atualizadas[Farbokto]. Nesse sentido, para evitar uma crise, precisamos nos concentrar em soluções políticas e jurídicas. Isso inclui, fundamentalmente, a garantia de leis nacionais e internacionais que os protejam, como o Quadro de Adaptações de Cancún de 2010 (UNFCCC). Outras soluções incluem a realocação planejada ou garantia aos direitos de terra — fornecer terras é visto como forma de ajudar as pessoas a se reerguerem, permitindo-lhes produzir os seus próprios alimentos e apoiar-se financeiramente.

As conexões entre as mudanças climáticas, os conflitos e as migrações são complexas. Como tal, temos de nos concentrar nas necessidades de diferentes populações migrantes, apoiar as decisões das pessoas sobre a adaptaçãor e, quando possível, planejar com antecedência.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: We need to update environmental regulations to account for climate change

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Em trabalhos de construção, já existem leis em vigor que procuram proteger o meio ambiente. No entanto, a maioria dos países não têm orientação ou regulamentação oficial sobre como construir atentando-se às mudanças climáticas. Para contrariar essa situação, precisaremos de novas normas de construção que tornem os edifícios mais seguros e eficientes.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: We need to develop technologies that enhance our water supplies

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Discutimos a tecnologia de dessalinização que funciona para transformar água salgada em água doce utilizável. Infelizmente, a dessalinização pode ser cara e ter vários problemas ambientais.

Enquanto algumas pessoas estão trabalhando para melhorar o processo de dessalinização, uma alternativa promissora é tratar e reutilizar a água de que já dispomos. Essa água tratada pode então ser usada para fins agrícolas ou industriais. O próximo desafio é ampliar essa tecnologia para que possamos usá-la como água potável também!

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: How do we manage pesky insects?

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Uma solução atualmente em desenvolvimento é a engenharia genética de nossas plantações para que elas possam deter particularmente as espécies de insetos problemáticas. No entanto, essa técnica também pode prejudicar insetos benéficos (embora em menor grau do que os pesticidas tradicionais), enquanto insetos alvos podem potencialmente se tornar resistentes às defesas das plantas a longo prazo. Isso significa que teremos de nos basear em métodos de controle de pragas existentes, como a rotação de culturas e exploração de processos naturais, ou precisaremos encontrar novas formas de nos adaptarmos à oscilante ameaça das pragas.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: We need more diverse voices in adaptation planning

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Nós exploramos como alguns grupos de pessoas (mulheres, jovens e povos indígenas) são, muitas vezes, deixados de fora do processo de tomada de decisões. Portanto, ao escolher como iremos nos adaptar, precisamos incentivar a participação do público para que as comunidades mais afetadas pelas mudanças climáticas tenham voz na concepção e aplicação das medidas de adaptação. De fato, estudos mostram que, quando as decisões envolvem pessoas de diferentes origens, elas geralmente levam a melhores resultados para todos os indivíduos e para o planeta.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: How and when should we adapt?

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Considerando que as consequências das mudanças climáticas podem ser tanto graduais quanto repentinas, pode ser difícil saber quando e como se adaptar. Os humanos se adaptaram com sucesso ao seu ambiente por milhões de anos, mas quando se trata de planejar o futuro, não temos um histórico tão bom. Neste momento, os governos não consideram questões a longo prazo uma prioridade, como as mudanças climáticas, e escolhem desviar a maior parte do seu tempo e recursos para outros lugares.

Precisamos começar a planejar como nos adaptar o mais rápido possível. Alguns dos países menos desenvolvidos já criaram planos de ação nacionais que estabelecem objetivos de adaptação. O resto do mundo precisa seguir esse exemplo a fim de descobrir como a adaptação pode acontecer em diferentes locais e como ela será financiada. A chave dessa estratégia é atualizar esses planos à medida que continuamos a desenvolver nossos conhecimentos sobre os impactos climáticos e as soluções de adaptação.

Click to learn more:

Who is working on this:

Próximo Capítulo