Agricultura urbana: Deveríamos cultivar alimentos nas cidades?

6 minutos de leitura

Atualizado em: 14 Dec 2020

Image of Agricultura nas cidades

Agricultura nas cidades

Por que trazer a agricultura para as cidades?

Atualmente, mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas . É previsto que, até o ano de 2050, 80% do consumo de alimentos seja feito em cidades!

Entretanto, as pessoas que vivem nessas regiões são quase completamente dependentes dos alimentos produzidos nas áreas rurais . Dessa forma, elas estão vulneráveis às alterações de preços e ao abastecimento dos alimentos. O acesso às frutas e aos vegetais frescos também costuma ser extremamente limitado .

Image of A cadeia de abastecimento alimentar

A cadeia de abastecimento alimentar

Alimentos processados, como enlatados, desidratados ou congelados podem durar mais tempo nas prateleiras e reduzir o desperdício de alimentos . Porém, esses processamentos usam energia, e nutrientes e vitaminas importantes podem ser perdidos ou alterados no processo.

Cultivar alimentos nas cidades diminui a dependência das populações urbanas de fontes de abastecimentos de comida distantes, além de reduzir as emissões geradas pelo transporte, processamento e empacotamento .

Entretanto, o espaço físico das cidades é geralmente muito limitado . Então, onde essas fazendas urbanas seriam estabelecidas?

Nós temos espaço para a agricultura urbana?

Micro-hortas são uma solução. Essa técnica envolve cultivar frutas, vegetais e ervas em espaços reduzidos, como telhados, varandas e quintais . Telhados, em particular, podem oferecer um espaço amplo, aberto e iluminado para o cultivo de plantas .

Image of Micro-hortas

Micro-hortas

Mesmo em um espaço limitado, micro-hortas podem ser muito produtivas. Por exemplo, cerca de 30 kg de tomates podem ser produzidos por ano em uma área de 1 m² !

Micro-hortas possuem muitos outros benefícios ambientais, como promover habitats para pássaros e insetos e capturar CO₂ do ar, reduzindo a poluição .

De fato, se todos os telhados aptos em Bologna, na Itália, fossem usados para a agricultura urbana, aproximadamente 624 toneladas de CO₂ poderiam ser capturadas a cada ano, e uma quantidade suficiente de vegetais poderia ser cultivada para alimentar aproximadamente três quartos da cidade !

Para garantir um abastecimento de água regular, calhas, encanamentos e barriletes de água podem ser usados para direcionar a água da chuva – que seria perdida – para as plantas . Restos de alimentos podem ser reciclados e usados como adubo para fertilizar as plantações .

Entretanto, nem todas as pessoas têm uma varanda ou um quintal, e instalar uma horta nos telhados pode custar muito caro . Enquanto moradores das cidades disputam por cada pedacinho de espaço disponível ao ar livre, grandes áreas dentro de casa são abandonadas . E se pudéssemos cultivar alimentos nessas áreas também?

Cultivos podem ser feitos dentro de casa?

As culturas podem ser empilhadas em camadas e, com isso, crescer em espaços menores. Esse processo é chamado de agricultura vertical . Fazendas verticais podem ser instaladas praticamente em qualquer lugar: edifícios comerciais , subsolos , containers marítimos e até no espaço!

Image of Fazendas verticais podem ser implementadas no espaço

Fazendas verticais podem ser implementadas no espaço

Fazendas verticais comumente cultivam plantas em água ao invés de no solo . Esse sistema, denominado hidroponia , permite aos agricultores garantir que as plantas recebam nutrientes nas quantidades adequadas, já que os níveis nutricionais na água podem ser controlados com precisão. Não utilizar o solo também significa a não existência de ervas daninhas ou outras pragas de solo, diminuindo a necessidade de pesticidas .

Image of Como funciona a hidroponia?

Como funciona a hidroponia?

Como a água é reciclada, sistemas hidropônicos são incrivelmente eficientes no uso de água. Por exemplo, nesse sistema, o cultivo da alface precisa de 13 vezes menos água do que o cultivo pelos métodos de agricultura tradicional .

Entretanto, um controle tão preciso sobre as condições ambientais é caro e utiliza bastante energia. Espera-se que, à medida que as fontes de energia limpa se tornem mais acessíveis e amplamente utilizadas, seus custos sejam reduzidos .

Até o momento, discutimos como culturas podem ser cultivadas em cidades. Mas e as carnes?

Podemos criar animais nas cidades?

Sistemas hidropônicos podem ser combinados à aquicultura em um sistema circular que utiliza restos de peixes para fertilizar lavouras . Isso é chamado de aquaponia. A água de tanques de peixes pode ser transferida para plantas em cultivo, que retiram os nutrientes dos restos de peixes . A água é, então, reciclada e volta para os tanques .

Image of Como funciona a aquaponia?

Como funciona a aquaponia?

Sistemas aquapônicos imitam os ciclos naturais dos nutrientes, removendo resíduos enquanto retêm água . Como a água recircula em um circuito fechado, esses sistemas aquapônicos podem ser implementados em quase todo lugar , inclusive no topo de edifícios !

Conclusões

Progressos na agricultura urbana estão mudando a percepção das pessoas sobre a agricultura e a produção de alimentos como um todo. Porém, mesmo que eles tenham muitos benefícios, utilizar apenas esses métodos para cultivos não irá fornecer comida suficiente para alimentar nossa crescente população . Para garantir que as pessoas tenham acesso a alimentos, a agricultura urbana precisa ser combinada aos métodos de agricultura tradicional.

Próximo capítulo