Problemas em aberto: Desafios atuais na tecnologia e nas políticas da agricultura

3 minute read

Atualizado em

A agricultura está enfrentando um desafio duplo: produzir alimentos suficientes para uma população em crescimento, enquanto tenta reduzir os impactos negativos dessa indústria em nosso planeta. Aqui discutiremos alguns dos problemas envolvidos na trajetória em direção a uma agricultura produtiva e sustentável.

Problem: Soil degradation needs to be stopped - fast!

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

O solo é um recurso essencial que impacta tanto a produtividade agrícola quanto as mudanças climáticas. No entanto, nossos solos estão sofrendo um processo de erosão, no mínimo, 10 vezes mais rápido do que sua própria formação. Isso libera carbono na atmosfera e ameaça a segurança alimentar. De fato, o custo anual da erosão do solo para o PIB global é estimado em 8 bilhões de dólares!

Educar os agricultores sobre a importância de práticas sustentáveis de gestão do solo, como o plantio direto, rotação de cultivos e sistemas agroflorestais, será essencial se quisermos preservar esse recurso valioso. Compartilhar conhecimento entre produtores rurais e pesquisadores permitirá que os agricultores adaptem suas práticas ao solo específico no qual suas fazendas se encontram, atingindo o máximo de produtividade.

Entretanto, os produtores rurais podem ser reticentes à substituição de práticas tradicionais, e os benefícios econômicos de muitas estratégias de conservação demoram anos para se tornarem evidentes. Portanto, incentivos governamentais e financiamentos serão necessários para que essas práticas sejam amplamente adotadas.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: Farmers need incentives and training to adopt precision farming

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

A agricultura de precisão tem o potencial de reduzir tanto os custos econômicos quanto os ambientais das agricultura através da otimização do produtividade do cultivo e da redução de desperdícios. Apesar disso, a adoção dessas novas tecnologias (exceto os sistemas de GPS) tem sido bastante lenta, especialmente em países em desenvolvimento. Por quê?

Embora a adoção dessas novas técnicas eventualmente melhore a renda dos agricultores, muitos não conseguem bancar os custos do investimento inicial. Para uma maior aplicação dessas técnicas será necessário o desenvolvimento de tecnologias mais baratas, bem como incentivos governamentais e subsídios para incentivar a utilização.

Muitos produtores rurais estão desencorajados porque acreditam que a tecnologia é complexa demais. Desenvolver produtos mais fáceis de utilizar e proporcionar mais treinamento aos agricultores eliminará, assim se espera, essa barreira.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: GEOs need to be more widely understood

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Discutimos as vantagens dos OEGs tanto para as pessoas quanto para o planeta, mas muitos indivíduos ainda se opõem ao seu uso. Por exemplo, 47% da população chinesa possui uma visão negativa sobre a engenharia genética e 39% dos norte-americanos acreditam que os OEGs apresentam um risco para a saúde. Isso se deve à falta de uma comunicação clara entre os cientistas e o público. Informar a população quanto à engenharia genética tem aumentado as percepções positivas sobre os OEGs. Então, o que precisa ser feito?

Primeiramente, precisamos ampliar a percepção pública sobre a importância de OEGs para a saúde humana e ambiental

Em segundo lugar, precisamos impedir a disseminação da má-informação e mudar a imagem de OEGs na mídia

Em terceiro lugar, os cientistas precisam facilitar o acesso às suas pesquisas e o público precisa se engajar ativamente

É também fundamental que os regulamentos que restringem o uso de OEGs sejam revisados conforme desenvolvemos novas técnicas e criamos novos produtos.

Click to learn more:

Who is working on this:

Ampliando a percepção sobre OGEs

Problem: GEOs need to be more accessible to farmers

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

A maioria das sementes de OEG são protegidas por patentes – leis que impedem outras pessoas de usarem determinadas tecnologias sem permissão. Essas leis deveriam incentivar a inovação, impedindo terceiros de lucrarem injustamente em cima do trabalho duro do autor.

Em muitos casos, para usar sementes patenteadas, os agricultores precisam concordar em plantá-las apenas em uma única época e não armazenar nem vender a colheita resultante para a replantação. Para assegurar que os produtores rurais cumpram essas regras, as sementes são, muitas vezes, concebidas para que as características modificadas não sejam passadas para as gerações futuras da plantação. Isso obriga os agricultores a recorrer aos fornecedores de sementes, dando a essas companhias muito poder sobre o acesso às tecnologias de engenharia genética.

Desde 2018, quatro companhias são responsáveis por mais de 50% das vendas globais de sementes! Elas podem aumentar o preço de seus produtos sem o risco de seus compradores buscarem fontes mais baratas devido à baixa competição com outros fornecedores.

Para evitar que essas grandes companhias tomem controle total do fornecimento global de alimentos, os governos precisarão introduzir políticas para restaurar a competição no mercado de sementes agrícolas, evitando a fusão entre grandes companhias e apoiando o crescimento de novos fornecedores.

O desenvolvimento de sementes OEG de “código aberto” e de bibliotecas de sementes também tornarão essas tecnologias mais acessíveis, garantindo a sua disponibilidade onde são mais necessárias.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: Vertical farming needs better LED lights

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

As fazendas verticais demandam muita energia para manter condições de crescimento ideais para as plantas durante o ano todo e 70% do consumo de energia de uma fazenda vertical é usado para a iluminação. A iluminação também pode gerar calor, que não só desperdiça energia, como também cria piores temperaturas para o desenvolvimento da plantação.

Foram desenvolvidas luzes LED mais eficientes que emitem apenas o espectro de luz que é absorvido pelas plantas, o que reduzirá a quantidade de energia luminosa desperdiçada que é refletida da planta. Com mais pesquisas, essas luzes poderiam ficar mais baratas e ajustáveis a diferentes fases do ciclo de crescimento vegetal.

Uma iluminação LED mais eficiente também emite menos calor, mas é difícil eliminar completamente essa produção de calor. Em vez disso, o seu excesso poderia ser utilizado para aquecer outras partes do edifício onde a produção agrícola se encontra. Para tal, será necessário realizar pesquisas sobre engenharia de sistemas de distribuição de ar eficazes.

Se as fazendas verticais adotarem energia neutra em carbono, a sua pegada de carbono se reduzirá ainda mais.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: Cultured meat needs to become commercially scalable

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

A carne artificial é mais de cinco vezes mais cara do que
a carne moída e o meio de cultura representa 80% desse custo. Portanto, a produção de meios de cultura mais baratos deveria ser o principal alvo de pesquisa.

Além disso, para enfrentar o custo ambiental desse processo de consumo energético intensivo, os produtores precisarão adotar fontes energéticas neutras em carbono.

A tecnologia para desenvolver carnes cultivadas em laboratório ainda está em estágio inicial. Será necessário pesquisas para reduzir os custos econômicos e ambientais desse processo por meio do avanço de matérias-primas e consumo energético necessários.

Click to learn more:

Who is working on this:

Problem: We need to adopt more sustainable diets

What the world needs to solve this problem:

brain

money

awareness

Description:

Ao eliminar produtos de origem animal da nossa alimentação, reduziríamos as emissões de gases de efeito estufa do setor alimentar em quase 50%. No entanto, na maioria dos estudos, menos de 35% das pessoas nos países desenvolvidos estão conscientes dos impactos ambientais do consumo de carne. Uma comunicação mais clara dos impactos de diferentes alimentos na saúde e no meio ambiente será essencial para capacitar as pessoas a fazerem escolhas alimentares mais sustentáveis.

As dietas sustentáveis devem ser acessíveis e fornecer os nutrientes certos nas quantidades certas, exercendo, ao mesmo tempo, um impacto mínimo no meio ambiente. Mesmo a mudança da carne bovina para carnes com menor impacto — como frango e peixe — pode fazer uma grande diferença em nossa pegada de carbono.

Muitos acreditam que, para obter uma dieta à base de plantas equilibrada, você precisa gastar mais dinheiro. Dar aos alimentos um preço que corresponda ao custo ambiental do seu processo de produção eliminaria os obstáculos financeiros rumo à adoção de dietas sustentáveis. Por exemplo, se os governos introduzissem impostos sobre os produtos de origem animal, os consumidores estariam mais propensos a comprar alimentos alternativos à base de plantas.

Para encorajar uma maior adesão às dietas sustentáveis, será importante incentivos e conscientização, juntamente com melhorias no gosto e textura das alternativas à carne.

Click to learn more:

Who is working on this:

Próximo Capítulo