Voar e Dirigir: É possível viajar de forma mais sustentável?

8 minutos de leitura

Atualizado em: 14 Dec 2020

Por que se concentrar em transportes?

Globalmente, o transporte é responsável por 24% das emissões de gases de efeito estufa. . Portanto, esse é um setor importante a ser considerado nas tentativas de reduzir nossa pegada de carbono.

Vamos analisar isso com mais detalhes :

Image of Comparando emissões entre diferentes meios de transporte

Comparando emissões entre diferentes meios de transporte

Emissões de carbono pelo voo

Mais de quatro bilhões de passageiros voam todos os anos , muitas vezes a longas distâncias. Com 133 g de CO₂ emitidos por passageiro a cada quilômetro (para voos domésticos) , isso adiciona 0,9 Gt de CO₂ por ano , o que equivale a 2,4% das emissões globais de CO₂ !

Image of O impacto de voar

O impacto de voar

Emissões de gases sem carbono pelo voo

Voar não emite apenas CO₂. Na verdade, mais da metade do seu impacto climático é gerado pela emissão de outros gases .

Rastros de condensação são rastros observados atrás dos aviões, feitos a partir do vapor de água condensada e liberados quando as aeronaves se encontram em altitudes elevadas. O vapor de água instantaneamente congela na forma de cristais de gelo, que produzem nuvens especiais, chamadas de nuvens cirrus criadas por rastros de condensação . Essas nuvens podem prender o calor na Terra, causando o efeito de aquecimento .

Os aviões também emitem NOx, um gás que contribui para as mudanças climáticas pela formação de ozônio, um gás de efeito estufa . Entretanto, existem algumas divergências quanto à dimensão dos efeitos que o NOx tem, porque ele também destrói o metano, outro gás de efeito estufa . Mesmo assim, se o acúmulo de ozônio ultrapassar a remoção de metano, haverá um efeito líquido de aquecimento .

Image of Um efeito líquido de aquecimento

Um efeito líquido de aquecimento

Como reduzir o seu impacto ambiental gerado pelo voo?

Para alguns trajetos, há alternativas ao voo. Usar uma balsa, por exemplo, emite 18 g de CO₂eq por quilômetro por passageiro. Compare isso aos 255 g de CO₂eq liberado por quilômetro, por passageiro, em um voo doméstico !

No entanto, quando tais alternativas não estão disponíveis, voar pela classe econômica é a melhor opção. Voar pela classe executiva produz de 2 a 3 vezes mais CO₂ do que pela econômica, enquanto que voos pela primeira classe produzem de 2 a 3 vezes mais CO₂ do pela executiva! Isso porque os assentos premium ocupam mais espaço .

Image of Terrinha voando por diferentes classes

Terrinha voando por diferentes classes

Neutralização de carbono

Às vezes, é inevitável viajar de avião. O que você pode fazer para reduzir o impacto desses voos?

Pagando um pouco a mais quando você voa, parte do dinheiro pode ser doado para apoiar projetos que recebem uma quantidade equivalente ao CO₂ liberado em sua viagem . Isso se chama neutralização de carbono. Dentre os projetos apoiados, podemos citar o reflorestamento ou a compra de energia de carbono zero .

Se for bem conduzida, a neutralização provoca uma redução líquida de emissões. Vale a pena considerá-la caso você se depare com um voo inevitável . Desde 2005, os projetos têm ajudado a reduzir, sequestrar ou evitar mais de 437,1 MtCO₂e .

Image of Terrinha comprando neutralizações de carbono para o plantio de árvores

Terrinha comprando neutralizações de carbono para o plantio de árvores

Ainda assim, a melhor maneira de reduzir as emissões é fazê-lo diretamente em vez de depender da neutralização de carbono . Além disso, é crucial analisar criticamente quanto desse gás um programa específico de neutralização de carbono elimina efetivamente, uma vez que alguns são mais eficazes do que outros . Você pode fazer isso averiguando se eles têm certificações adequadas e se foram verificados por fontes confiáveis, tais como ONGs ambientais .

Emissões de automóveis

Na União Europeia, o transporte rodoviário (que inclui carros, caminhões e ônibus) representa 72% de todas as emissões do transporte!

Uma maneira fácil de reduzir sua pegada de carbono é compartilhar viagens com outras pessoas que estão indo para o mesmo lugar .

No entanto, se você puder escolher, a melhor alternativa ainda é utilizar o transporte público sempre que possível .

Image of Os impactos da carona

Os impactos da carona

Você deveria comprar um carro elétrico?

Os carros elétricos armazenam eletricidade em uma bateria, a qual é usada para alimentar um motor elétrico que impulsiona o carro para frente. Isso é diferente dos carros normais que dependem da queima de combustíveis fósseis .

A eletricidade ainda é gerada pela queima de combustíveis fósseis em muitos lugares , e a produção de bateria gera de 56 a 494 kg de CO₂ por quilowatt-hora de capacidade de bateria .

Quando comparados aos veículos convencionais movidos a gasolina, os veículos elétricos ainda produzem menos emissões em sua vida útil .

Image of Comparação das emissões de CO₂ durante a vida útil de veículos elétricos e convencionais

Comparação das emissões de CO₂ durante a vida útil de veículos elétricos e convencionais

Até nos EUA, onde 84,3% da energia é produzida por combustíveis fósseis , as emissões de carbono por veículos elétricos equivalem a cerca de 50% daquelas produzidas pelos veículos a gasolina .

A tecnologia da bateria continua a melhorar a uma taxa surpreendente, e as futuras inovações reduzirão as emissões de carbono necessárias para produzi-las . Com os países transformando as fontes de eletricidade em carbono zero, os veículos elétricos se tornarão uma escolha ainda melhor para reduzir as nossas pegadas de carbono (veja o curso Energia Limpa para mais informações).

Image of De onde vêm as emissões de carros elétricos?

De onde vêm as emissões de carros elétricos?

Dito isso, os carros elétricos ainda causam os mesmos problemas associados a todos os carros: acidentes de tráfego e rodoviários .

Além disso, os carros liberam partículas denominadas MP₂,₅, que causam poluição do ar nas cidades . A maioria dessas partículas não vem do escapamento, mas do atrito nos freios e pneus. Isso significa que elas serão liberadas em qualquer tipo de carro, elétrico ou não .

Conclusão

Em nosso mundo cada vez mais interligado, as viagens trouxeram crescimento social e econômico . Infelizmente, elas continuam a ser uma fonte significativa de emissões de carbono. A eletrificação de automóveis, caminhões e ônibus , juntamente com a utilização de energia sustentável, irá reduzir significativamente essas emissões . Enquanto isso, podemos contribuir para a redução de nossas emissões se limitarmos o quanto viajamos, além de optarmos por meios de transporte com uma pegada de carbono menor .

Próximo capítulo