Emissões por Fonte: Quais setores criam a maioria das emissões?

9 minute read

Atualizado em

As emissões de gases de efeito estufa são as principais impulsionadoras das mudanças climáticas. Mas de onde provêm essas emissões?

De onde provêm essas emissões?

De onde provêm as emissões de gases de efeito estufa?

Existem duas formas populares de categorizar as emissões de gases de efeito estufa a partir das atividades humanas:

  • Pela fonte — onde as emissões totais são produzidas
  • Por uso final — dentro de cada fonte, a finalidade das emissões

Este capítulo examinará a fonte das emissões. O próximo irá explorar quais produtos finais são os maiores responsáveis por elas. Todos os dados sobre esses dois métodos de medição de emissões podem ser resumidos em um gráfico incrível:

As emissões mundiais de gases de efeito estufa se dividem por setor e por uso final

O lado esquerdo desse gráfico mostra as emissões dividas em setores de origem, por exemplo: energético, agrícola e de resíduos. A coluna direita do gráfico exibe as emissões de atividades de uso final. Isso nos ajuda a entender as emissões liberadas durante a produção de determinados produtos e a realização de certas atividades.

Qual setor produz mais emissões?

Qual setor produz mais emissões?


A produção e distribuição de energia produz 76% das emissões de gases de efeito estufa!

Porcentagens das emissões mundiais de gases de efeito estufa divididas em setores

Isso inclui emissões derivadas da produção de calor e eletricidade, combustíveis para meios de transporte, construções, vazamento de gás e energia para a fabricação de fertilizante e bens de consumo.

Fontes de emissões de gases de efeito estufa do setor energético

Sem incluir as emissões do uso de energia, a agricultura e as mudanças no uso do solo contabilizam 14,8% de emissões (se incluirmos as emissões geradas pelo consumo de energia, esse número é ainda mais alto!). Isso faz com que a agricultura e as mudanças no uso do solo sejam a maior fonte de emissões de gases de efeito estufa após a energia.

Você consegue pensar em que processos agrícolas emitem gases de efeito estufa?


Na verdade, todos esses processos liberam gases de efeito estufa para a atmosfera!

Fontes de emissões de gases de efeito estufa no setor agrícola

Esse setor inclui também as emissões resultantes de mudanças no uso do solo. Árvores e solos saudáveis tendem a absorver mais CO₂ da atmosfera do que liberar — isso é conhecido como sumidouros de carbono. Mas quando as florestas são derrubadas para dar lugar a fazendas, estradas e edifícios, o carbono armazenado nela é liberado de volta para a atmosfera.

Árvores removem carbono da atmosfera

Depois da agricultura, o setor que mais libera emissões é a indústria, com 5,9%. Isso inclui as emissões derivadas da produção de cimento, produtos químicos e vários outros materiais (como plástico, borracha e tecido sintético).

Essa é uma das fontes emissoras de gases de efeito estufa que mais cresce, aumentando em 174% desde 1990!.

Terrinha fazendo cimento

Outros 3,2% das emissões de gases de efeito estufa vêm do setor de resíduos. Você consegue pensar em quais processos podem resultar em emissão de gases de efeito estufa para a atmosfera?


Resíduos em aterros sanitários, o gerenciamento de águas residuais e o tratamento de esgotos sanitários produzem gases de efeito de estufa, especialmente metano e óxido nitroso. A maior fonte desses gases é o descarte de resíduos sólidos e alimentares no aterro sanitário.

Emissões provenientes de resíduos

Até agora, vimos quais setores liberam mais gases de efeito estufa. A seguir, vamos ver quais usos finais/atividades são responsáveis por essas emissões.

Próximo Capítulo