Aumento do nível do mar: O que realmente o causa? Dica: não é o Ártico!

12 minute read

Atualizado em

Os níveis do mar mudaram significativamente ao longo da história da Terra. Há 120 000 anos (entre a duas últimas eras do gelo), o nível médio do mar ao redor do mundo era 5 metros a mais do que é agora! Nos últimos milhares de anos, os níveis do mar têm sido estáveis, mas, desde 1901, o nível médio global aumentou em 19 centímetros.

O que você acha que causa o aumento do nível do mar?


Causas do aumento do nível do mar

Essas enormes áreas de gelo, que repousam em terra, são chamadas de mantos de gelo. Há dois mantos de gelo continentais no mundo, um na Groenlândia e um na Antártica.

Nas últimas décadas, o aquecimento global fez com que partes dos mantos de gelo derretessem e encolhessem. Portanto, a água armazenada em terra agora se espalha no oceano. O manto de gelo da Groenlândia perdeu uma média de 278 bilhões de toneladas de gelo por ano entre 2006 e 2015!

Desde 2006, o derretimento dos mantos de gelo tem causado um aumento do nível do mar de 1,8 milímetros por ano. Trata-se de uma contribuição ainda maior do que a expansão, que provocou um aumento de 1,4 milímetros por ano, no mesmo período de tempo.

Por que o derretimento de icebergs não causa aumento do nível do mar?

Alguns blocos de gelos estão dispostos no mar, e não em terra. Eles são conhecidos como bancos de gelo, que podem cobrir áreas enormes do oceano ou formar pequenos icebergs individuais.

Enquanto a Antártica está coberta por mantos de gelo, o gelo no Ártico é, em grande parte, bancos de gelos.

Bancos de Gelo versus Geleiras

Como você acha que a perda do banco de gelo do Ártico afetaria o sistema climático da Terra?


Os bancos de gelo do Ártico não contribuem tanto para o aumento do nível do mar, pois a água extra simplesmente substitui o gelo no espaço que ele preenchia anteriormente.

No entanto, isso significa que ursos polares precisam andar e nadar por longas distâncias, o que pode ser particularmente perigoso para os jovens filhotes. Além disso, o derretimento dos bancos de gelo aumenta o aquecimento global, porque o gelo reflete a luz solar muito mais do que água. Portanto, sem gelo no mar, os oceanos absorvem mais calor, tornando-se mais quentes.

Aquecimento proveniente do derretimento dos bancos de gelo

Como o nível do mar mudará no futuro?

Você pode ver uma gama de possíveis previsões para o aumento do nível do mar no gráfico abaixo.

Previsões para o aumento do nível do mar

A taxa média de aumento do nível do mar desde 1901 é de 1,7 milímetros por ano, mas se tomarmos a média entre 2007 e 2016, esse número aumenta rapidamente para cerca de 4 milímetros por ano. Essa elevação da taxa de aumento do nível do mar se deve, em grande parte, ao aumento do derretimento dos mantos de gelo na Groenlândia e na Antártica.

Até 2100, se não houver mudanças nas políticas climáticas, prevê-se que o nível do mar aumente em 15 milímetros por ano, e em muitos centímetros por ano até 2200!

Os mantos de gelo da Groenlândia e da Antártica não são potenciais pontos de inflexão?

Sim! Bem lembrado (se você lembrou)!

Se os mantos de gelo da Groenlândia e da Antártica perderem muito gelo, eles passarão um "ponto de inflexão". Isso acontece quando a área de gelo perdida se torna tão grande que é impossível impedir que o resto do manto de gelo não derreta também.

O da Groenlândia está seguindo para esse ponto, pois, enquanto derrete, ele se move para áreas continentais mais baixas. Como o ar é mais quente nas regiões mais baixas, a taxa de derretimento se eleva.

Resposta ao derretimento dos mantos de gelo

Uma vez que esse ponto de inflexão é ultrapassado, é provável que as mudanças sejam irreversíveis por milhares de anos. Se os mantos de gelo da Groenlândia e do oeste da Antártica atravessarem seus pontos de inflexão, pode-se esperar que o nível do mar suba vários metros nas próximas centenas de anos. Se derretido completamente, o da Groenlândia, por si só, contribuiria com um aumento de 7 metros!

Quando serão ultrapassados esses pontos de inflexão?

Cientistas não têm certeza sobre quando esses mantos de gelo vão atravessar um ponto de inflexão.

Alguns argumentam que a temperatura média da superfície global teria que aumentar em pelo menos 2 °C, enquanto outros dizem que um aquecimento de 1,5 °C é suficiente – é provável que isso aconteça antes de 2030! Na verdade, alguns acreditam que já atravessamos o ponto de inflexão dos mantos de gelo, e caso ainda não, estamos "perigosamente perto".

Esse debate ocorre porque as simulações de modelos climáticos das interações oceano-mantos de gelo ainda precisam ser melhoradas. Por isso, é provável que os modelos estejam subestimando a taxa de perda de gelo em alguns mantos de gelo.

Ficará tudo bem se não cruzarmos esses pontos de inflexão?

Mesmo que o aquecimento global se limite a 1,5 °C e que não ultrapasse os pontos de inflexão, o aumento do nível do mar continuará. Na verdade, mesmo que a quantidade de gases de efeito estufa em nossa atmosfera permanecesse constante a partir de agora, os níveis do mar continuariam a aumentar por centenas, ou mesmo milhares, de anos.

Isso se deve ao aquecimento tardio – a água do mar precisa de muito mais energia e tempo para ser aquecida do que a terra ou a atmosfera.

Aquecimento Tardio do Oceano

Esse aumento do nível do mar a longo prazo terá impactos negativos significativos para as comunidades e habitats costeiros.

Conclusão

Até agora, discutimos as previsões para o aumento do nível do mar e da temperatura que ocorrerão em praticamente todos os lugares da Terra. Em seguida, vamos dar uma olhada nas mudanças que variam dependendo de onde você está: aumento da seca e alteração dos padrões de chuva.

Próximo Capítulo